Bem vindo ao Clã do Whisky!
Clã do Whisky
Imigrantes Bebidas

Mais de 100 rótulos de whiskies diferentes
A produção de whisky no Japão

Em setenta anos o Japão tornou-se um dos primeiros países produtores e consumidores de whisky do mundo. Dois homens estão na origem do whisky japonês: Masataka Taketsuru e Shinjiro Torii, fundador da sociedade Suntory. Enquando se formava em química na universidade de Glasgow, Taketsuru apaixonou-se de tal maneira pelo whisky que aprendeu a arte da destilação. Casado com uma Escocesa, voltou para o Japão em 1921 e foi contratado por Shinjiro Torii, que em 1923 fundou a primeira destilaria do Japão perto de Kyoto. Em 1934 Taketsuru fundou a sua própria sociedade, Nikka e instalou a sua primeira destilaria na ilha de Hokkaido. Hoje em dia há quatro grupos importantes no mercado: Suntory, Nikka, Sunraku Ocean e Kirin Seagram. O whisky japonês inscreve-se essencialmente na tradição do whisky escocês. As técnicas de produção são praticamente as mesmas e as destilarias japonesas importam maltes da Escócia para as misturas dos seus blends. Mas progressivamente os whiskies japoneses obtiveram a sua própria personalidade, graças à qualidade e à pureza das águas, à presença da turfa no solo de Hokkaido, à alta tecnologia utilizada e à competência humana de alto nível. Este whisky distingue-se pelo sabor limpo e maltado. Em boca é suave e tem um fumado súbtil e um certo corpo. Os japoneses saboreiam o whisky juntando-lhe muita água. Empreendedores também no estrangeiro, os japoneses compraram várias destilarias escocesas (Bowmore, Auchentoshan e Glen Garioch do grupo Suntory e Ben Nevis do grupo Nikka). Mas é no Japão que se encontra a maior destilaria do mundo: Suntory Hakushu, que tem na sua sala de destilação 24 alambiques.

Fonte: visionari novos estilos, novas visões




Conheça Também:

Imigrantes Bebidas
Adega do Vinho
Vodkas.com.br
cervejanacionaleimportada.com.br
Bebidaebebidas.com.br
Alambique da Cachaça
Absintos.com.br
4153033