Bem vindo ao Clã do Whisky!
Clã do Whisky
Imigrantes Bebidas

Mais de 100 rótulos de whiskies diferentes
Whisky de centeio americano

O patrimônio do whiskey de centeio na América do norte começa a ser construído nos anos 1600. Seu desenvolvimento se deve em parte a colonos irlandeses e escoceses, que acharam o centeio mais fácil de ser cultivado que a cevada.

Os irlandeses já estavam familiarizados com o uso de centeio para fazer whiskey. Ele estava associado com os estados da Pensilvânia e de Mryland
-cada um fazia um estilo da bebida; atualmente, a maior parte do centeio é destilada no Kentucky. O whiskey de centeio foi muito mais consumido no EUA que o bourbon, mas nunca se recuperou da lei seca. Sua personalidade distinta, apimentada e levemente amarga contribuiu para seu sucesso. Para sorte do centeio, algumas microdestilarias americanas produzem pequenas quantidades da bebida para conhecedores que a apreciam. Em1996, o pioneiro Fritz Maytag, da cervejaria anchor, de São Francisco, começou a destilar o Old potrero a partir de 100% de centeio maltado. A destilaria remontada Mount Vernon, na Virgínia, hoje destila whiskey de centeio como uma receita de gerente da fazenda, nascido na Escócia, James Anderson. Por lei, o whiskey precisa ser feito a partir de um mash de não menos que 51% de centeio, com outros ingredientes, geralmente milho e cevada maltada. Não pode apresentar teor de mais de 80% depois da destilação, e ser engarrafado com 62,5% ou menos. Do mesmo modo que o bourbon, são utilizados barris virgens de carvalho carbonizados para a maturação-operiodo mínimo de maturação é de dois anos. As líderes no mercado de whiskey de centeio são o Pikesville, o Rittenhouse, e o Sazerac. A Jim Beam e a Wild Turkey também produzem expressões de centeio.


Fonte: O livro do whisky




Conheça Também:

Imigrantes Bebidas
Adega do Vinho
Vodkas.com.br
cervejanacionaleimportada.com.br
Bebidaebebidas.com.br
Alambique da Cachaça
Absintos.com.br
3937566